MOSAICOS DE UMA VIDA

Juntando cada peça forma-se o mosaico de minha vida. Tantos sentimentos me envolvem. Sentimentos ruins, outros bons. Saudade de quem se foi para eternidade. Saudade de quem posso ligar para ouvir a voz. Tristeza pelas metas não cumpridas e alegria pelos objetivos alcançados. Gemidos de dor, outros de prazer.

28 de fev de 2012

E-lixo vira Mosaico

O assunto da vez é a respeito dos resíduos eletro-eletrônicos e o mal que podem causar ao meio ambiente devido seus componentes altamente tóxicos. Dando uma organizada nas minhas coisas encontrei aparelhos de celular, CDs, baterias e carregadores obsoletos e inutilizados.

Onde moro não há coleta seletiva, embora num trabalho de formiguinha poucas pessoas separam o lixo. Pensando em qual destino darei ao meu E-lixo penso que o ideal será levá-los para um posto de coleta. 

Antes de levá-los para um local mais apropriado comecei analisar o material e pensar numa possibilidade de reaproveitamento. Algo que não fosse apenas para salvar o meio ambiente através da reciclagem. A ideia era exercer a educação ambiental reaproveitando, tornando útil e possível para decoração. Como já faço mosaicos de cerâmica em MDF resolvi testar a técnica usando como base os Cds. Eis o resultado: 
Nº de Casa - Mosaico em CD
CD que virou mandala em mosaico

7 de fev de 2012

Já tive homens ...

♪ “Já tive mulheres de todas as cores, de várias idades, de muitos amores”...
 
"Pegada"
Esse é só um trecho de uma música que me inquietou fazendo-me analisá-la de uma forma meio “Fafá de ser”. Possivelmente um homem que teve várias mulheres deve ser admirado, considerado o gostosão, macho todo e tal. Quanto a mim, se disser que já tive vários homens não receberei tanta admiração e elogios. 
 
Vejam mais um trecho da música:

♫ “casada, carente, solteira, feliz, já tive donzelas e até meretriz”.♪  

Ele pode. E eu não?

♂  Qual o problema de eu ter ficado com aquele cara casado? Não sou ciumenta mesmo. 

♀  E o carinha carente, porque não ficaria com ele? Bastaram alguns carinhos meus e o bichinho ficou curado.

♂  O solteiro? Ah, fala sério. Pode colocar no plural porque solteiro foram vários: o negão de tirar o chapéu, o galego, o pobre, o rico, o empresário e até o desempregado.

♀  Já o donzelo deixou de ser. Afinal, só dei minha contribuição para inseri-lo no time de pegador.
 
♂  Meretriz, eu? Sim, claro. O machão também gosta.
 
Imagino a inquietação de algumas pessoas querendo saber se sou tão pegadora assim.  Outras estão chocadas porque para elas “homem pode e mulher não”. Mentira e/ou verdade à parte, minha idéia em escrever este texto foi justamente provocar uma análise crítica a cerca das relações de gênero impostas pela sociedade. Afinal, o que é permitido pra mim, pra você, pra ele e pra ela? O que é ser homem? E ser mulher?