MOSAICOS DE UMA VIDA

Juntando cada peça forma-se o mosaico de minha vida. Tantos sentimentos me envolvem. Sentimentos ruins, outros bons. Saudade de quem se foi para eternidade. Saudade de quem posso ligar para ouvir a voz. Tristeza pelas metas não cumpridas e alegria pelos objetivos alcançados. Gemidos de dor, outros de prazer.

10 de abr de 2016

Tatuagem em homenagem aos filhos gêmeos

Nem todas as mulheres almejam ser mãe, mas as que despertam esse desejo sabem exatamente o que sentimos a cada menstruação, a cada atraso menstrual, a cada teste de farmácia e beta HCG.

São anseios e inseguranças que mechem com o emocional da mulher. E com Mírian não foi diferente. Ela sentiu tudo isso e muito mais. Ela já sentia o maior dos sentimentos antes mesmo de concretizar seu sonho.

Para Mírian o processo pode ter sido demorado, mas tem uma frase que diz: Deus não tarda. Ele capricha!

Tatuagem em homenagem aos filhos gêmeos
E foi assim que Miriam se tornou mãe. Através do amor e capricho de Deus quando a presenteou com dois filhos. E para simbolizar o amor eterno por esses seres lindos, os nomes dos seus filhos foram tatuados com o símbolo da eternidade.

Para ela é a mais importante das suas quatro tatuagens, pois significa o amor infinito que sente pelos filhos gêmeos. Um amor sem limites.


Tatuando a Cicatriz

Tatuando a cicatriz
Algumas pessoas descriminam e marginalizam o uso de tatuagem. Que bom seria se parassem para ouvir as histórias que existem por trás de cada uma dessas figuras. Minha amiga Mírian tem 4 tatuagens e uma bela história sobre cada uma.

A tatuagem escolhida para esse texto é uma estrela. Para algumas pessoas significa a estrela-guia, algo que orienta, norteia, dirige para o melhor caminho. Para outras pessoas, a estrela simboliza a luz, a inspiração e para outras a estrela é feita para homenagear alguém.

Mírian sofreu um acidente de moto que a deixou fisicamente marcada com uma cicatriz no ombro. Logo teve a ideia de fazer sua terceira tatuagem para esconder aquilo que a incomodava. A estrela foi o desenho escolhido por ela com a ajuda do tatuador.

O feio virou belo.

Que bom seria se nossas cicatrizes emocionais também pudessem ser cobertas por uma tatuagem. Infelizmente isso não é possível, mas psicologicamente falando, transformar uma cicatriz em estrela mostra o quão resiliente é essa pessoa.
Em você essa estrela sempre irá brilhar, Mírian! 


Tatuagem de Fada

Tatuagem de Fada
Discorrendo hoje sobre o significado da tatuagem de fadas, começarei pelo significado da palavra FADA, que vem do latim Fata e significa destino, sina, fado.

De acordo com a mitologia grega as fadas eram responsáveis por traçar o destino das pessoas desde o seu nascimento até sua morte.

De acordo com o imaginário infantil as fadas são seres mágicos, capazes de transformar um amargo momento em doces realidades. 

Certamente esse imaginário infantil fez parte da vida de Mírian, que gosta de fadas desde pequena e por isso escolheu esse desenho para compor seu conjunto de tatuagem.

Para a segunda tatoo a magia de uma fada! Elas realizam sonhos! 

O valor de uma tatuagem

Tatuagem de Borboletas
Dando continuidade ao tema TATUAGEM, o texto de hoje discorre sobre valores. Não valor econômico, mas valores morais e éticos.  O primeiro tem início nos nossos primeiros anos de vida, através da educação familiar. É o que nos orienta sobre o que é certo ou errado a partir dos ensinamentos dos nossos educadores, como mãe, pai, avós e comunidade onde estamos inseridos/as. Já o valor ético refere-se a uma atitude pessoal que pressupõe uma liberdade de escolha. A ética analisa os valores morais, vindo a contestá-los ou aceitá-los.

E foi agindo com ética que a protagonista desse texto agiu em relação aos valores morais de sua mãe, a qual não lhe permitia o uso de tatuagem. De acordo com a mãe de Mírian, ela só poderia fazer tatuagem quando casasse e saísse de casa. E ela eticamente obedeceu.


Mírian casou aos 22 anos e no primeiro mês de casamento fez sua primeira tatuagem que resultou num conjunto de quatro borboletas simbolizando sua liberdade.

3 de abr de 2016

Engravidar em tempo de Zika vírus

Em tempos de Zika vírus e sua relação com o aumento dos casos de microcefalia as mulheres são orientadas a evitarem engravidar. Isso me faz pensar o quão frustrante é para aquelas que planejaram sua gravidez neste momento. E para aquelas que não planejaram e engravidaram deve ser uma tortura conviver com o medo de ser picada pelo tal Aedes aegypti  O que deveria ser um momento de prazer e curtição passa ser um período de angústia, medo, tensão.


Quem me conhece ou leu meus textos antigos conhece minha história dolorosa de perda gestacional. Nunca soube o motivo da perda e hoje confesso que se ainda estivesse tentando engravidar, esse problema relacionado ao Zika vírus seria motivo para desistir ou pelo menos adiar a gravidez. No que se refere aos direitos reprodutivos, vale ressaltar que as mulheres têm todo o direito de decisão.


Para as mulheres que já tiveram seus bebês com microcefalia me solidarizo e desejo forças, mais do que já demonstraram ter. Um exemplo disso é a União das Mães de Anjo (UMA), composto por mulheres guerreiras, algumas tiveram que deixar o trabalho para cuidar melhor dos seus bebês, outras precisaram se afastar dos outros filhos para se dedicar melhor ao bebê microcefálico, há casos também de mulheres que foram abandonadas covardemente pelos maridos.  Mesmo com tantos obstáculos elas estão juntas, unido forças para buscar o melhor para seus filhos e filhas. São MÃES e com toda essa prova de amor materno elas têm toda minha admiração.