MOSAICOS DE UMA VIDA

Juntando cada peça forma-se o mosaico de minha vida. Tantos sentimentos me envolvem. Sentimentos ruins, outros bons. Saudade de quem se foi para eternidade. Saudade de quem posso ligar para ouvir a voz. Tristeza pelas metas não cumpridas e alegria pelos objetivos alcançados. Gemidos de dor, outros de prazer.

24 de nov de 2012

Ai desses meninos se baterem nas meninas!

Hoje assisti a um vídeo com cena de violência contra mulher. A cena é bárbara, chocante e revoltante. Lembro-me que a primeira vez que vi algo parecido foi na minha adolescência. Uns 25 anos depois tive a mesma reação: o sentimento de impotência diante de tanta covardia tomou conta de mim.

O criminoso daquela época foi um vizinho e o da cena de hoje um desconhecido pra mim. É certo que ambos se prevaleceram da força física e do fato de se sentirem superiores, proprietários delas e no direito de “resolver” (seja lá o que for) de forma tão animal.

Fui educada ouvindo meus pais dizerem que homem não bate em mulher. A frase repetida diversas vezes pelo meu pai era: “Ai desses meninos se baterem nas meninas”. E assim meus irmãos cresceram. Tornaram-se homens com o mesmo pensamento, repetindo a mesma frase para seus filhos.

Pais/Mães, se não podemos corrigir os homens de hoje deixemos que a justiça trabalhe, mas podemos educar os homens de amanhã.

12 de nov de 2012

Se eu pudesse inventaria a máquina do tempo

Se eu pudesse inventaria a máquina do tempo
Iria ao passado repetir as brincadeiras de infância
Passaria mais tempo com vovó
Tocaria a campainha da vizinha
Brincaria de monstro com mainha

Se eu pudesse inventaria a máquina do tempo
Iria ao futuro conhecer os avanços científicos
E de lá traria a pílula da felicidade
A vitamina do amor
E o bálsamo que cura dor (física e emocional)

Se eu pudesse inventaria a máquina do tempo
A desligaria no presente
Eternizaria o instante 
Quando o momento risonho
Fosse a realização de um sonho

2 de nov de 2012

Mulheres Inteligentes

Pintura de Vicente Romero Redondo
Mulheres inteligentes quando sondadas se leem porque são inteligentes ou são inteligentes porque leem elas respondem que a ordem dos fatores não altera o resultado.

Mulheres inteligentes gostam de homens inteligentes porque estes sabem eternizar um momento fugaz.

Mulheres inteligentes compreendem o sentido da frase “a liberdade é o que nos prende”.

Mulheres inteligentes sabem a diferença entre ser vulgar e ser sensual. E não precisam de artifício para aparecer, porque suas virtudes as deixam numa posição de destaque.

Sabem também que vaidade vai muito além do “retocar a maquiagem” porque é preciso ter um brilho natural: o brilho nos olhos.

Através do olhar, a mulher inteligente fala; fala da mesma forma que fala com o coração.
E dosando emoção e razão elas se tornam mulheres inteligentes.