MOSAICOS DE UMA VIDA

Juntando cada peça forma-se o mosaico de minha vida. Tantos sentimentos me envolvem. Sentimentos ruins, outros bons. Saudade de quem se foi para eternidade. Saudade de quem posso ligar para ouvir a voz. Tristeza pelas metas não cumpridas e alegria pelos objetivos alcançados. Gemidos de dor, outros de prazer.

6 de dez de 2013

Portões de Embarque e Desembarque

Começando com um clichê... “A distância permite saudade, mas nunca o esquecimento”.
Do fundo do meu baú

Quando ela se foi nem vivíamos num mundo tão hi-tech. Limitávamos-nos as rápidas ligações telefônicas, além das cartas. Essas passavam quase um mês pra chegar; quando chegavam, as novidades já estavam velhas.

O advento da internet e do celular logicamente possibilitou nossa “aproximação”. Falamos-nos quase que diariamente. Um alô, uma postagem ou simplesmente uma curtida sinaliza que continuamos juntas, embora distantes.

Mas falta mais. Falta o calor humano. Falta o toque. Falta também o abraço caloroso. Falta tudo isso porque a saudade é grande. Grande também é o oceano que nos separa.

Por isso sua vinda é sempre igual. É como um evento que começa lá e cá. Expectativa, clima de festa, contagem regressiva...

É tão bom esperar o portão de desembarque abrir!!!!
E tão ruim ver o portão de embarque fechar... 

Um comentário:

  1. Yuhuuuuu, tô chegando!!!!
    Ansiosa, friozinho na barriga, feliz...
    Até já, Fá!
    Beijos com SAIDADES, sempre <3

    ResponderExcluir