MOSAICOS DE UMA VIDA

Juntando cada peça forma-se o mosaico de minha vida. Tantos sentimentos me envolvem. Sentimentos ruins, outros bons. Saudade de quem se foi para eternidade. Saudade de quem posso ligar para ouvir a voz. Tristeza pelas metas não cumpridas e alegria pelos objetivos alcançados. Gemidos de dor, outros de prazer.

26 de mar de 2014

Diferença entre Tristeza e Depressão

Há algum tempo venho buscando respostas para meus questionamentos em relação à diferença entre tristeza e depressão. Uma das minhas buscas foi em atendimento psicológico, quando deixei claro minha falta de conhecimento sobre o assunto. Busquei resposta também com algumas amigas psicólogas, além das constantes leituras que fiz acerca do tema.

Em síntese, entendi que a tristeza consiste no ato de elaboração da perda, da desilusão, da decepção... Nesse processo o sentimento de angústia dura pouco tempo. Às vezes dias, outras vezes poucos meses.

Passado esse tempo e permanecendo o sentimento de tristeza, bem como a junção de outros sentimentos, como, por exemplo, a falta de motivação, de prazer, de esperanças (...) é chegada a hora de ligar o alerta para um problema de maior dimensão: a depressão. Os desejos vão e voltam, mas a depressão permanece. As vezes ocultando sentimentos, outras vezes expondo-os.

É preciso conhecer os sintomas da depressão, reconhecê-la como doença, buscar ajuda, lutar contra esse mal que tanto incomoda, atrapalha viver, impede sorrir, ser feliz... 


3 comentários:

  1. Muito bem explicado a diferença entre uma e outra!!! É bom ficarmos sempre em alerta quando a tristeza toma uma determinada proporção em nossas vidas que nos rouba o sorriso por um período muito longo. Bjos!!!!

    ResponderExcluir
  2. Impossível não comentar o seu texto fazendo referência ao que você comentou no meu último post: o conflito é, muitas vezes, inevitável. A tristeza, faz parte do processo do conflito e o meu texto dizia exatamente sobre o fingimento de deixar pra lá para não piorar o que já não tem mais jeito. Insisto: fingimento! Porque por mais que a gente não diga, a gente sente... e sente tanto que às vezes a tristeza vira depressão!

    ResponderExcluir
  3. Rosana white29/03/2014 02:15

    A de se ficar muito atenta mesmo depressão, ela é muito perigosa...
    Muito bom seu texto Fafa, gostei também do comentário da sua amiga Tati.
    Bjos.

    ResponderExcluir