MOSAICOS DE UMA VIDA

Juntando cada peça forma-se o mosaico de minha vida. Tantos sentimentos me envolvem. Sentimentos ruins, outros bons. Saudade de quem se foi para eternidade. Saudade de quem posso ligar para ouvir a voz. Tristeza pelas metas não cumpridas e alegria pelos objetivos alcançados. Gemidos de dor, outros de prazer.

17 de jul de 2011

Obrigada, meu Deus!

Há anos, muitos anos atrás um fato mudou minha vida em vários sentidos. Uma das mudanças foi quanto à existência de Deus. Por muitos anos evitei falar sobre o assunto e só as pessoas mais próximas de mim na época do ocorrido ficaram sabendo. Falar sobre isso me fazia sofrer, chorar e ter medo. Medo de viver.

Era final de tarde de um domingo chuvoso. Eu estava indo na casa de uma amiga que morava no mesmo bairro que eu. No meio do caminho fui abordada por um homem. Ele me abraçou me mostrou que estava armado com um punhal e ordenou que eu o abraçasse também. Fui avisada que se olhasse para seu rosto eu morreria. E saímos andando abraçados pelas ruas do bairro como se fossemos namorados. Entravamos e saíamos em várias ruas. De cabeça baixa eu só via que ele estava de bermuda jeans e descalço. 

Falei que não tinha nada para ele roubar e para minha angústia ele respondeu: eu só quero você. Até que chegamos numa casa, sem carro na garagem, com portas e janelas fechadas e luzes apagadas. Logo, ele deduziu não ter nenhum morador e resolveu parar ali mesmo.  Com uma mão sobre meu ombro e a outra com o punhal na minha cintura, mandou-me abrir o portão. Respondi que não abria. Rapidamente ele abriu e entrou comigo. Ordenou-me tirar a roupa e mais uma vez falei que não. 

Neste momento percebi que não estávamos sozinhos. Senti a presença de Deus. Eu não o via, mas sabia que estava ali, que poderia me ouvir. Supliquei que me ajudasse. Olhei para o lado, num plano superior e tive certeza que era ali que Deus estava a me olhar. Falei: por favor, me ajude, faça alguma coisa, não deixe isso acontecer comigo. Foi quando o homem me derrubou no chão e veio em cima de mim para despir-me. Nesta hora ele soltou o punhal ao meu lado e com as duas mãos tirava minha roupa. Peguei o punhal e arremessei por cima do muro. Pronto. Não tinha mais arma. Agora poderia gritar. Fiquei de pé segurando com as duas mãos no muro que era baixo e gritei por socorro. Mais uma vez fui derrubada no chão e com as duas mãos o homem apertava meu pescoço, fazendo-me calar. Perdi as forças e não tinha mais como reagi. Pensei que fosse morrer. 

De repente comecei ouvir vozes, pessoas falando ao mesmo tempo diziam coisa do tipo: você ouviu gritos? Eu também ouvi! Pra que lado foi? O homem falou baixinho ainda com as mãos no meu pescoço: Eita porra!  Soltou-me e correu para os fundos da casa. Homens atiravam em nossa direção. Balas passavam por mim. Rapidamente me vesti e sai correndo. Ouvi pessoas dizendo: eu conheço essa moça de vista; ela mora aqui perto; venha tomar um copo d’água. Continuei correndo, corri até chegar em casa e durante esse trajeto sentia que Deus me acompanhava. 

Passei a noite chorando, pedi pra minha irmã Bele dormir comigo. Fiquei sabendo que o homem conseguiu fugir naquele dia, mas dias depois foi assassinado pelo mesmo motivo. Não sei se isso é verídico.

A única certeza que tenho é da existência de Deus. Não tenho, nem nunca tive religião, mas independente disso sei que existe um ser supremo. E se pra escrever esse texto eu chorei foi por alívio. Obrigada meu Deus!

25 comentários:

  1. Nossa que história trise, mais deus te ajudou.
    Ele é assim ajudar nas horas mais necessárias, ele está do nosso lado sempre.
    Quando surge obstaculos em nossas vidas, problemas e pensamos ele não está...Pelo contrario ele está do nosso lado e sabe que conseguiremos vencer por isso ele colocou os obstaculos em nosso caminho, para nunca esquece-mos dele!
    Ele sim é um Pai, Irmão, Amigo enfim sempre está do nosso lado.

    ResponderExcluir
  2. OMG. trsite história. mas ter fé besta!

    Eu amei este blog!
    parabéns!
    http://etcmodaetal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Muito bom texto.
    porém muito triste a história!

    ResponderExcluir
  4. Fico feliz por você ter tido a oportunidade de reconhecer e sentir a presença e benevolência de Deus. Ele sempre acompanha seus filhos mesmo aqueles que nõ acreditam. A chance que você teve de escapar foi uma dádiva. Parabéns pela coragem de compartilhar tais palavras. Que Deus continue guiando e protegendo seus caminhos.

    ResponderExcluir
  5. Triste a história, mas que bom que Deus, como sempre, interveio com a Sua graça.
    Fico feliz por você mostrar que tem fé!

    Abraços.

    http://semdorsemvitoria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Que história! Deus cuida dos seus e livra todos nós do mal...
    Busque conhecê-lo mais ainda e seja sempre grata!
    Felicidades pra vc!

    Venha conhecer nosso blog!
    Renata
    http://uaimeu10.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Que bom que no final tudo acabou bem e não lhe aconteceu nada de mais.

    ResponderExcluir
  8. Lindinho o teu texto, nunca devemos deixar de agradecer.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Deus te quardou de ter essa experiencia terrivel para toda mulher, são momentos como esses que temos que nós elevar até Deus para nos confortamos no colo do Pai, Deus te guarde sempre Fafa

    ResponderExcluir
  10. Que história triste!

    mas você escreve muito bem.

    bjs

    http://rodrigobandasoficial.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Relato corajoso o seu! E realmente independente de religião, existe sim uma energia superior que sempre nos ampara nas horas em que mais achamos que estamos sós!

    Abração

    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Seguindo Realmente um belo relato temos que sempre agradecer a deus por tudo que nos é dado

    ResponderExcluir
  13. Me arrepiei todinha agora. Graças a Deus deu tudo certo com você. Fica bem :)

    ResponderExcluir
  14. Mesmo quando achamos que não existe uma saida, quando achamos que não temos a quem recorrer, se pensarmos em Deus, ele estara conosco.

    Aquele que abita no esconderijo do altissimo, a sombra do onipotente, descansára...

    poetaurbanoo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Que bom que tudo ficou bem o final!

    http://www.chatapordimais.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. voce foi uma das poucas que teve a sorte de dar tudo certo no fim...

    abraços
    .


    www.ouvindoparalamas.blogspot.com

    .
    .

    ResponderExcluir
  17. com certeza há um Deus acima de todos nós, para nos perscrutar os corações e fazer justiça...

    ResponderExcluir
  18. Deus atende quem precisa! Texto bem profunsdo.

    Anna, Letras e Versos
    http://anna-gabby.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Nossa, que história. Realmente uma forma maior te protegeu. è uma historia ternsa, parece que acontece em tempo real.


    Vindo retribuir o comentário em meu blog. você fui uma das poucas que leu meu post o Canto :P

    e sobre o poema é mais uma maneira de expressar meu descontentamento por quem escreve mais para chamar a atenção do que para expressar alguma coisa.

    ResponderExcluir
  20. Emocionante muito bom bem triste mas ao mesmo tempo faz a gente pensar em muitas coisas.

    ResponderExcluir
  21. Eu acredito que situações de perigo façam as pessoas acreditarem mais em algo sobrenatural e milagroso, por conta do desespero do momento. E se conseguem se livrar, não há nada que possa convencê-las de que tudo aconteceu por pura oportunidade do momento, e não por intervenção divina. Milhares de mulheres são estupradas e mortas todos os anos no Brasil, e a maioria esmagadora deve clamar pela mesma ajuda celestial na hora do perigo, sem sucesso. Isso nos diz muita coisa, não? Ou deus não existe, ou ele tem uma maneira cruel de selecionar quem será ajudado ou não.

    Mas o fato principal é que você escapou de uma situação muito difícil, e eu fico feliz por isso.

    Grande abraço,

    Rama na Vimana
    http://ramanavimana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Emocionante! Quando conseguimos contar através das palavras algo que apesar de ser triste teve um motivo maior para acontecer, também estamos sendo guiados por Deus!

    Parabéns!!

    Fica com Deus!!

    ResponderExcluir
  23. Olá!

    O que devo dizer? Deus é o que nos motiva e nos protege. Eu acredito que ele seja como um verdadeiro Pai amoroso: ele deixa você errar e aprender com os seus erros, mas se pedir verdadeiramente, ele nunca vai te abandonar.

    Abraços!

    Ana Carolina Nonato
    Seis Milênios

    ResponderExcluir
  24. Sua história é sim muito triste, e só vc sabe o terror que passou, porém no meio de tanta tristeza vc teve a maior alegria que se pode ter... vc teve seu encontro com Deus.. Parabéns pelo blog! bjos
    www.poeiraeboanoite.blogspot.com

    ResponderExcluir