MOSAICOS DE UMA VIDA

Juntando cada peça forma-se o mosaico de minha vida. Tantos sentimentos me envolvem. Sentimentos ruins, outros bons. Saudade de quem se foi para eternidade. Saudade de quem posso ligar para ouvir a voz. Tristeza pelas metas não cumpridas e alegria pelos objetivos alcançados. Gemidos de dor, outros de prazer.

20 de jun de 2012

Aborto é Crime ? ! ? !


A experiência de perder uma gravidez desejada é algo que machuca, principalmente quando o aborto fica retido. Aos dois meses descobri que meu bebê parou de evoluir e mesmo assim precisei ficar mais cinco dias esperando expelir naturalmente; nada mais para evitar infecção. O prazo passou, o embrião permanecia comigo e a curetagem foi inevitável.

Durante esses cinco dias a dor era imensa, não dor física, sentia dor no coração, dor na minha alma, não havia nada que eu pudesse fazer a não ser chorar. Acordava durante a madrugada achando que era um sonho, e logo lembrava que era um pesadelo real.

Finalmente chegou o dia da curetagem. Assim como eu várias mulheres aguardavam internação na recepção do hospital. Todas grávidas e felizes, prestes a terem seus bebês; o único caso de curetagem era o meu.


Foi muito difícil dividir o mesmo espaço com aquelas mulheres que alisavam a barriga e sentia o bebê mexer. O meu estava morto e mesmo que eu quisesse acaricia-lo ele nada sentiria. Minha angustia aumentava, elas seguravam a barriga, eu segurava o choro e o nó na garganta se formava como prova da minha profunda tristeza.

O tratamento dos funcionários do hospital também era diferenciado desde a recepção. Esperei por quase duas horas para ser realmente internada, todas as grávidas subiam pra sala anti parto e só eu permanecia na recepção, esqueceram-se da medicação prévia conforme solicitação médica, tratavam-me como se eu tivesse cometido algum crime.

A única pessoa que me tratou bem foi a enfermeira que colocou o soro. Por ironia do destino também estava grávida e revelou conhecer minha dor por já ter passado pelo mesmo problema.

Segui para sala de parto como toda grávida, com roupas adequadas ao bloco cirúrgico. O anestesista chegou e me fez algumas perguntas, afastando-se para fora do bloco. Minha obstetra foi até seu encontro e conversaram um pouco sobre mim. Ouvi-a explicando que aquele filho foi desejado, que o aborto não foi provocado e que meu corpo não o expulsava. Ele voltou pra perto de mim, pediu licença para pegar na minha barriga e me fez um carinho como que estava com pena de mim e falou: eu sinto muito.

Fui sedada, adormeci e quando acordei já estava na sala de recuperação com mais quatro mulheres. Todas sentiam dor, mas estavam felizes por saberem que seus bebês estavam no berçário. Eu sentia a mesma dor que se somava a tristeza de saber que meu bebê não existia mais.

A enfermeira se dirigia a cada paciente dando notícias dos seus filhos, o médico perguntava para cada uma se já tinham leite. Eu parecia estar invisível pra eles, até que o telefone tocou duas vezes, era alguém querendo notícias minha, foi quando lembrei que ainda existo e que alguém se importa comigo.

Eu precisava sair dali, virar aquela página da minha vida e começar a escrever uma nova história.

12 comentários:

  1. É claro que alguém se importa por você, e não só é uma pessoa não. São muitas! Você é muito querida!!!
    Além de você todos nós( seus irmãos, mainha e painho) desejavam essa gradivez. Você não imagina a alegria que me dava quando eu tocava na tua barriga fazendo carinho na minha sobrinha/sobrinho. Quando estou perto de você tenho que me fazer de forte pra não deixar você mais triste.
    Ontem na recepção meu peito também doía, e cada mãe que chegava pra ter seu filho eu te olhava de lado e logo mudava de assunto pra te distrair, mas eu vi que não adiantava e já estava sem assunto. Minha garganta dava um nó e eu lembrava que eu tinha que ser forte pra te fazer forte. Eu sei como foi duro e ainda está sendo.
    O que eu tenho a dizer é que "Deus é o nosso refúgio e a nossa fortaleza, socorro bem presente na hora da angústia".
    Eu estou bem presente quando precisar conversar ou simplesmente da minha companhia, ainda que seja no silêncio. Te amamos!!!

    ResponderExcluir
  2. Rosiane Araújo21/06/2012 12:17

    Amiga,
    Sem palavras para te dizer nesse momento, apenas li seu desabafo e chorei junto.
    Apenas tenho a te dizer que você ainda vai voltar aqui e contar para todas nós como foi a experiência de entrar no bloco obstétrico e sair com seu filho(a) nos braços. Tenha certeza disso!!!
    Sua hora vai chegar e você vai lembrar desse momento como uma experiência na sua vida!!!!
    Se cuida amiga e saiba que estou aqui para o que você precisar!!!
    Quando se sentir melhor venha conhecer João Pedro, vamos ficar feliz com sua visita.
    beijãooo
    Rosi

    ResponderExcluir
  3. Senti cada lagrima que provavelmente vc derramou escrevendo este texto...Chorei com vc...E ja me senti assim tb...Só o tempo, que é sabio para amenizar a dor que sente no seu coração...
    Lembre-se Deus escolheu vc, para gerar uma vida, mesmo que por pouco tempo, foi ele quem determinou e determina tudo na nossa vida...Agora vc é mãe de um anjinho que olha pr vc la do céu...
    Desejo de coração que Deus te abençõe novamente.
    Depois das lagrimas e tristezas, vc só sentira alegrias...
    Vc é muito importante para o seu anjinho, vc foi e sempre será a mãezinha dele, um ser iluminado por Deus!
    Fica com Deus!
    Espero em breve comemorar com vc, a materninade!
    Kel rosa

    ResponderExcluir
  4. Fafá imagino a dor imensa que vc sentiu,Deus escolhe os momentos certos para os acontecimentos especiais e brevemente vc terá a graça minha amiga de ser mãe. Deus está vendo seu sofrimento e ele não vai te desamparar. Brevemente teremos novas noticias, vc voltará a sorrir e sua felicidade está sendo esperada por todos que te ama, afinal vc é uma pessoa especial e muito querida e todos estão compartilhando de sua tristeza, vc está rodeada de pessoas que te querem bem. Nunca esqueça disso. Cheiro e melhoras tá.

    ResponderExcluir
  5. Amiga,
    Mediante seu relato, ficamos de fato sem ter o que dizer, a dor e emoção somente vc pode avaliar e nos que te amamos ficamos apenas torcendo para que logo, logo tudo isso seja uma pagina virada da sua vida e que ja ja vem uma linda alegria. Por mais que sejamos presentes e participativos nao temos noção da intensidade da sua dor e vazio, mas mesmo assim torcemos e rezamos por sua recuperação e fisica e emocional para vivenciares nossas e boas experiencias em sua vida. acredita siga em frente e muita força e fé. Saudades amiga, se cuida estarei sempre aqui pertinho de voce.

    ResponderExcluir
  6. Existe um enorme pré-conceito quanto ao aborto... o ser humano é cruel em muitas situações. Sei que vc é forte, sua escrita faz vc melhorar, COMO É BOM LER ESTES ARTIGOS DO BLOG, mas tbm tem o direito de viver um tempo sem se preocupar mais com nada, foram tantas provações!

    A vida caminha, e a sua irá andar e a levará para um gramado verde, com um jardim florido e muitas árvores... depois do inverno sempre vem a primavera!

    Beijo grande. Catarina.

    ResponderExcluir
  7. CIBELE LUCENA25/06/2012 14:30

    Ou Fafá... Tô triste demais por vc... Mas, Deus sabe de todas as coisas e um dia vc entenderá por que ainda não é a hora do seu bebezinho chegar. Sinta-se abraçada bem forte por mim, viu? Daqui de Natal eu rezo e envio energia de amor, conforto e paz para vc. Fique melhor e que Jesus lhe acompanhe.

    ResponderExcluir
  8. O SENHOR É CONTIGO ELE É A TUA FORTALEZA!TUDO TEM UM PRÓPOSITO ABAIXO DOS CÉUS.AINDA NÃO FOI SUA HORA,MAS EM NOME DE JESUS CHEGARÁ SUA VEZ,AMÉM!?!NO MOMENTO CERTO DEUS DARÁ SUA BENÇÃO.FORÇA E ESPERANÃ PARA MAIS UMA ETAPA EM SUA VIDA,BJS FIK OM DEUS!DEDA E ALCY.

    ResponderExcluir
  9. OI AMADA!DEUS É ATUA FORÇA E FORTALEZA,BEM PRESENTE NA TUA ANGUSTIAE TUDO TEM UM PROPÓSITO ABAIXO DOS CÉUS.AINDA NÃO FOI O MOMEMTO,MAS EM BREVE CHEGARÁ O SEU EM NOME DE JESUS!AMÉM?!?QUE DEUS TE AJUDE E TE SUSTENTE NESTA NOVA FASE TA TUA VIDA.DEUS TE ABENÇOE! ESTAMOS AQUI,VIU?BJS,DEDA E ALCY.

    ResponderExcluir
  10. Pessoas queridas, a atenção de vocês é relevante para minha motivação.
    Algumas pessoas não conheço pessoalmente, são apenas seguidoras do blog, outras temos estreitos laços de amizade e afeto, são parentes, amigas, alunas do Mulheres da Paz, pessoas que me querem bem.. Agradeço a todas sem exceção.
    cheiros

    cheiros

    ResponderExcluir
  11. Ai FAFÁ que dor horrivel, nem sei o que falar pra vc!!Mas te desejo tudo de otimo e saiba que DEUS dá tudo no seu tempo. Te adoro verdadeiramente bjs sida

    ResponderExcluir
  12. Fafá,
    entendo sua dor, pois já passei por isso e realmente não é fácil. Mas Deus nos dá força a cada dia pra superar as perdas. É emocionante ler o seu artigo, contudo a dor melhora a cada dia.
    Que Deus lhe abençou! E lembre-se tudo é no tempo de Deus, a ansiedade as vezes atrapalha.
    Vitória na sua caminhada.

    ResponderExcluir