MOSAICOS DE UMA VIDA

Juntando cada peça forma-se o mosaico de minha vida. Tantos sentimentos me envolvem. Sentimentos ruins, outros bons. Saudade de quem se foi para eternidade. Saudade de quem posso ligar para ouvir a voz. Tristeza pelas metas não cumpridas e alegria pelos objetivos alcançados. Gemidos de dor, outros de prazer.

15 de jun de 2012

Músicas de Propagandas


Não sei se acontece nas melhores famílias ou se é algo peculiar aos irmãos Ferreira Barbosa. O fato é que desde crianças temos uma afinidade com as músicas de propagandas. Essa noite sonhei com uma dessas músicas e acordei cantarolando-a:

Foto: Sandra Barbosa
“Tô de água na boca, ai que cheirinho bom. É cuscuz de milharina, é milharina. Vem menina, prova esse cuscuz. Gostinho de milho verde é milharina. Na hora do café, o cuscuz amarelinho é ouro que reluz. O homem se seduz, puxa a negra pro cheirinho; e o bom cuscuz a receita a gente ensina pra fazer um bom cuscuz tem milharina”.

Lembrei quando éramos crianças. A gente cantava tudo na maior diversão. Saudade dessa época em que até os intervalos comerciais eram divertidos. Após o sonho de hoje veio à lembrança vinhetas comerciais da minha infância e não poderia deixar de registra-las. Algumas só quem é da terrinha vai lembrar:

“Crem, cremo, cremo, Cremogema é a coisa mais gostosa desse mundo. Eu esqueço minha boneca, eu esqueço a minha bola ...

“Era uma vez três sacis, de gorro vermelho e cachimbo, brincando nas matas daqui”...

“Tem feira nas Casas Zé Araújo, Oxente vamos lá comprar. Tem pano, retalho a beça, resto de peça pra se comprar”...

“Senhora da Conceição, minha mãe, minha rainha, dai-me a vossa proteção minha querida madrinha”...

"Vivemos nessa terra forte, nesse sol do norte, de luz e amor. Sorrindo vamos para a praia, de maiô, de saia, o verão chegou”... (adorava a ciranda)

“Apanho o sabonete, abro uma torneira e de repete a gente sente Duchas Corona, uma banho de alegria num mundo de água quente”...

Bom, agora voltando ao sonho continuo lembrando-me da música do cuscuz, vou aproveitar e fazer um... com galinha e café huuuuummmm 

Um comentário:

  1. Viajei no tempo agora... Ótimas lembranças da infancia, quando cantávamos juntos os reclames, rsrsrs! Também gostava de cantar o de guaraná "soy loco por pipoca e guaraná: ANTÁRTICA" e nem era tão pequena ;-) Beijo

    ResponderExcluir