MOSAICOS DE UMA VIDA

Juntando cada peça forma-se o mosaico de minha vida. Tantos sentimentos me envolvem. Sentimentos ruins, outros bons. Saudade de quem se foi para eternidade. Saudade de quem posso ligar para ouvir a voz. Tristeza pelas metas não cumpridas e alegria pelos objetivos alcançados. Gemidos de dor, outros de prazer.

29 de jun de 2013

Restaurado, mas não substituído !


Li uma mensagem sobre um casal que estava comemorando 60 anos de casados e foram questionados como conseguiram manter a união por tanto tempo. Eles justificaram com a seguinte frase: “somos de um tempo em que, quando alguma coisa se quebrava, não jogávamos fora. Nós consertávamos”.


De fato nos tempos atuais as coisas são substituídas em pouco tempo de uso. Algumas vezes por se tornarem obsoletas, outras vezes por não terem durabilidade e muitas outras para atendermos o chamado do consumismo exacerbado.

Fazendo uma analogia às relações interpessoais é preciso uma reflexão madura, sobretudo para entender até que ponto vale a pena persistir; é preciso habilidade para mediação dos conflitos e principalmente maturidade para se colocar no lugar do outro. Não dá pra tratar as pessoas como coisa, logo não faz sentindo trocar as relações como se troca um objeto qualquer. Neste sentido a “regra” vale para todas as relações.


Antes & Depois - restaurado, mas não substituído

6 comentários:

  1. Gostei muito do texto Fafá. É isso mesmo.
    O importante é a gente preservar o que temos, antes de descartar algo, a gente tem que tentar ajeitar. Tudo tem solução.
    Lindo texto mesmo.
    bj
    http://rosadosventospe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá !
    Eu costumo sempre estar restaurando coisas do que descartá-las , pois eu sempre crio um carinho muito grande por tudo . Infelizmente , a maioria das pessoas , fazem o contrário , tanto com os objetivos quanto com as pessoas , elas se desfazem facilmente como se tudo fosse uma coisa qualquer . :S
    Beijos .
    Ranna - Sonhos na Estante .

    http://sonhosnaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nas relações interpessoais, acima de tudo, devemos estar em paz conosco e lançar sempre uma visão crítica para saber até onde ir com um relacionamento, seja ele amoroso, de trabalho ou amizade. Por vezes mantemos certos relacionamentos por dó da pessoa ou pq não queremos nos sentir sozinhos. Eu mesma tinha amizade com uma "amiga" que fez o mundo e fundo para me prejudicar, até mesmo colocando a minha vida em risco e eu não conseguia me desligar. Hoje eu "piso em ovos", tanto nas velhas quanto nas novas amizades. E em meu relacionamento com meu esposo procuro consertar sempre... e tem dado certo! Afinal já são 18 anos juntos! ^.^

    ResponderExcluir
  4. Quando se trata de relação, acho que depende de cada pessoa. Cada um sabe o momento de descartar ou de restaurar...

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto e muito verdadeiro. Hoje em dia muita gente trata os outros como se fossem objetos descartáveis mesmo... Não tá dando certo? parte pra outra! E, poxa, vemos relacionamentos com tanto potencial terminando por motivos tão pequenos... Acho que o mundo anda um tanto egoísta e muito apressado, sem paciência pra tentar dar um jeito, já que é mais prático jogar fora o "defeituoso" e arranjar um novo, né? Uma pena. Eu sou sempre a favor de tentar consertar primeiro :)

    www.caldeiraodepensamentos.blogspot.com

    ResponderExcluir