MOSAICOS DE UMA VIDA

Juntando cada peça forma-se o mosaico de minha vida. Tantos sentimentos me envolvem. Sentimentos ruins, outros bons. Saudade de quem se foi para eternidade. Saudade de quem posso ligar para ouvir a voz. Tristeza pelas metas não cumpridas e alegria pelos objetivos alcançados. Gemidos de dor, outros de prazer.

13 de dez de 2016

Feliz MosaicoTerapia e Próspero Ano Novo

Todo final de ano pra mim é assim:

Acendem as primeiras luzes natalinas, o bom velhinho chamado papai Noel insiste em me lembrar de que já vem o Natal e o comércio se movimenta ao som de Jingle Bells.


Naturalmente eu começo fazer minha retrospectiva em relação ao ano que está acabando; o sentimento de fracasso é inevitável porque nem tudo saiu como planejado.

É como no mosaico, nem todas as peças se encaixam, mas o que importa é o resultado final. Na MosaicoTerapia escolho cor, quebro pedras, corto vidros; para minha vida sofistico os sonhos, traço metas, planejo o ano seguinte...

Feliz MosaicoTerapia e Próspero Ano Novo!

6 comentários:

  1. De pedacinho em pedacinho construindo uma vida mais colorida.

    ResponderExcluir
  2. Como tudo que você faz.... cheio de emoção...verdade e carinho... Lindo!!!

    ResponderExcluir
  3. Que 2017 lhe traga muitas cores e sorrisos! Beijos, Diva.

    ResponderExcluir
  4. Obrigada por esse pedacinho de paz, alegria e sorriso que brilha aí em PE. levo você aqui no meu coração e desejo que em 2017 a gente possa se ver e matar a saudade, bem muito, Fafis!

    amo-lha!

    ResponderExcluir
  5. Como no mosaico, a gente vai juntando os pedacinhos e no final sai uma peça linda demais! Obrigada por fazer parte do mosaico da minha vida, você é uma pecinha única e muito importante nele, saiba disso! Xêro grande e aquele abraço apertado que a gente conhece! =*

    ResponderExcluir
  6. Que texto lindo! Que moça linda essa Fafá(da)!
    É isso mesmo Fafá,a gente sai juntando pedaços e construindo nossa história, nem sempre como a gente sonha, nem sempre como a gente quer... Mas o que mais importa nesse tecer cotidiano é nunca perder o entusiasmo, a capacidade de lutar e de sonhar, afinal, amanhá será um novo dia, e ele está logo ali.

    ResponderExcluir