MOSAICOS DE UMA VIDA

Juntando cada peça forma-se o mosaico de minha vida. Tantos sentimentos me envolvem. Sentimentos ruins, outros bons. Saudade de quem se foi para eternidade. Saudade de quem posso ligar para ouvir a voz. Tristeza pelas metas não cumpridas e alegria pelos objetivos alcançados. Gemidos de dor, outros de prazer.

6 de mai de 2010

Histórias do Caminho - 3


Ao longo do Caminho de Santiago de Compostela existem alguns pontos de apoio para descanso, alojamentos, albergues, lugares para refeição, uso do sanitário, ou simplesmente para carimbar a Credencial de Peregrino. Afinal, este documento comprova a peregrinação e deverá ser apresentada em Santiago.

Logo na primeira parada conhecemos Maria, uma coereana estudante de teologia e que já estava no Caminho há seis dias. Como lembrança Maria deixou num papel meu nome e apelido escrito em seu idioma. Depois seguiu rumo a Santiago em passos rápidos.

Algo bastante curioso me chamou atenção durante a peregrinação no Caminho de Santiago. Era possível encontrar muitos objetos deixados pra trás pelos peregrinos. 



O cansaço e as dores traziam a necessidade de se desfazer do excesso de bagagem; por isso casacos, luvas, garrafa-térmica, botas, capa de chuva, e até mesmo sacolas com lanches e água foram abandonados. Resumindo, durante o caminho é possível ver o desapego às coisas materiais. 

A cada parada tínhamos contato breve com outros peregrinos de diversas partes do mundo. Alguns sozinhos, outros em grandes ou pequenos grupos. Na maioria das vezes o único contato era o desejo de bom caminho. Vários peregrinos ou nativos nos cumprimentam expressando esse desejo.  A frase foi ouvida inúmeras vezes, em diversos sotaques, mas sempre em espanhol: BUEN CAMIÑO.

9 comentários:

  1. isso me lembrou os maus bucados que passei no exercito eh uma coisa de outro mundo , inesquecivel

    ResponderExcluir
  2. Que divertido HUSHSU
    Eu não consigo deixar minhas coisas para trás não --'

    ResponderExcluir
  3. é foda dexair as coisas para trás.. :/

    ResponderExcluir
  4. Olha, adorei seu blog...um dos mais legais que já vi. Vou te seguir. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Cara... adoooooooooooooooooooooro um dia ainda quero fazer essa peregrinação. O desapego mostra como as coisas materias se tornam tão insignificantes diante de outras necessidades, além do que não serve para você, servir para outra pessoa como foi o caso do casaco que vc usou, parabéns pelo post.
    Vou colocar seu blog na lista de indicados do meu. Bjão!

    http://alebatist.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante o seu texto!
    Um dia ainda quero fazer essa peregrinação também.

    ResponderExcluir
  7. Nossa.. isso q é ser desapegado msm o.o
    http://geiciblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. A peregrinação promove uma grande progresso pessoal, a pessoas percebe que tem que se desfazer do material para conquistar algo que vai elevar somente a alma, que é o que realmente temos ;D
    ainda farei uma viagem dessas, acho que a dor e a superação purificam a mente !

    ResponderExcluir
  9. Hm... Interessante, eu não conseguiria...

    ResponderExcluir