MOSAICOS DE UMA VIDA

Juntando cada peça forma-se o mosaico de minha vida. Tantos sentimentos me envolvem. Sentimentos ruins, outros bons. Saudade de quem se foi para eternidade. Saudade de quem posso ligar para ouvir a voz. Tristeza pelas metas não cumpridas e alegria pelos objetivos alcançados. Gemidos de dor, outros de prazer.

10 de mai de 2010

Histórias do Caminho - 5


Durante o Caminho de Santiago as paradas necessárias eram breves uma vez que não ficamos em albergues, mas sim em pousadas e afins previamente agendadas. Há quem diga que peregrino de verdade deve ficar em albergue, participar da ceia coletiva, dividir o quarto com várias pessoas desconhecidas, aventurar vaga em albergue e caso não consiga é necessário caminhar até o próximo povoado, enfim...

Nós não nos importamos com as críticas. Afinal, ter um local acolhedor, ter privacidade e dormir com um mínimo de conforto era merecedor depois de uma caminhada diária de 30 km. Vale salientar que poderíamos fazer em menos quilômetros, mas teríamos que passar mais dias no Caminho. Não tínhamos tempo suficiente devido nossos compromissos que só foram esquecidos durante a peregrinação.

Em alguns momentos de silencio e reflexão nos perguntávamos por que estávamos fazendo a peregrinação. Eu pelo menos não tinha resposta. Minha irmã me perguntava se eu faria novamente. Sinceramente, não que eu tenha me arrependido, só faria novamente com mais dias disponíveis. Acredito que com menos quilômetros por dia as dores não seriam tantas e tão intensas. E as paisagens que deixei de apreciar e fotografar com certeza seriam vistas com outros olhos.

Mesmo com dores e cansaço as paradas para descanso e as paradas noturnas eram regadas de uma cervejinha ou claro, um vinho para esquentar.


Quando me perguntam se mudei alguma coisa com a peregrinação, se houve algum encontro espiritual, algo transcendental, eu respondo que não fui para mudar nada, mas sim para enfatizar o meu EU, elevar ainda mais minha auto-estima. Se isso é mudar, então mudei!

E para os que dizem que não fomos peregrinas autenticas eu só tenho a dizer que cumprimos nossa meta, realizamos nosso sonho e para comemorar nossa felicidade em Santiago nos deliciamos com a culinária local.

9 comentários:

  1. Ah!, quero fazer umna perigrinação também.

    Que bacana sua viagem, mesmo que cansativa, parece que foi uma experiencia para se recordar a vida toda. E pode ser que nao notes, ma sempre pode mudar algo quando se faz alguma coisa que nap é rotineiro.

    Gostei da forma que você escreveu o texto, se não tivesse as fotos acharia mesmo que seria ficção pela maneira literaria que esta escrito.

    Seguindo.

    passa lá no meu?
    http://www.umcontoemeio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Chile... um lugar que sonho em conhecer...

    ResponderExcluir
  3. Santiago de Compostela não é no Chile e sim na Espanha

    ResponderExcluir
  4. Pois é, sempre vai ter alguém pra criticar tudo que a gente faz, mas o importante é que você ficou satisfeita e curtiu a peregrinação

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho muitaaa vontade em fazer esta peregrinação... Acho que seria uma bela conquista!
    Adorei as imagens... e fico feliz de conhecer alguém que fez o trajeto!

    ;D

    ResponderExcluir
  6. uma viagem boa tb é na ilha de San Michel... (acho que é na frança)... um castelo medieval... Mas um dia desses quero pegar um mapa do Brasil, pregar na parede e tacar um dardo... onde pregar eu vou ...kkkk o problema é chegar...kkkk

    ResponderExcluir
  7. Caramba, acho muito legal esse negócio de peregrinações e viagens sem destino certo, porém não sei se teria coragem de fazê-los. Curti muito seus texto e vou ler os outros da série!

    Sucesso e fique com Deus
    http://demoniosdadecada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Que post legal... hauhahauhahauhua

    mentira eu li viu!


    interressante como vc descreveu paraece com um lugar que só vemos nos filmes!

    O melhor blog do meu .... Bairro agora está de volta!!!
    http://blogdocharque.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Nossa parabéns pelo seu esforço ,acredito que pra fazer uma viagem com essa intenção é preciso ter muita força de vontade.
    E depois que eu vi o filme albergue acho que a melhor coisa que vc fez foi ter ficado numa pousada rsrsrsrs
    Se puder comenta no meu blog abraço
    http://uaimeu10.blogspot.com/

    ResponderExcluir